parallax background

VIAGEM DE MOTO: Argentina, Chile, Peru e Bolívia – TRECHO 05 – Uyuni à Chapecó

21 de junho de 2019
VIAGEM DE MOTO: Argentina, Chile, Peru e Bolívia – TRECHO 04 – Cusco à Uyuni
20 de junho de 2019
Programação da Viagem de Moto para Argentina, Chile, Peru e Bolívia
26 de junho de 2019

T


As atrações principais da viagem tinham passado e agora começava oficialmente o retorno. Mas ainda com muitas paisagens interessantes pra conhecer.

Antes de pegar a estrada eu tinha uma dúvida quanto ao caminho a percorrer até San Salvador de Jujuy, na Argentina. Se você pesquisar no Google Maps, o caminho indicado vai pela Ruta 21 até Tupiza. No entanto eu havia lido que o caminho, apesar de possuir paisagens lindíssimas, não estava todo pavimentado, e devido as obras, os desvios eram em alguns pontos intransitáveis.

Resolvi perguntar ao motorista do 4×4 que nos levou ao passeio no Salar de Uyuni.  E ele me confirmou. Não era recomendável ir de moto neste trecho. Espero que eles finalizem o trecho para eu poder retornar e conhecer esta Ruta que, dizem, é lindíssima.

Já que o mais curto não foi recomendado, seguimos a rota de grande parte dos motociclistas que vão a Uyuni, passando por Potosí.

Mapa do trecho: Uyuni à Chapecó

 


# DIA 23 – UYUNI À SAN SALVADOR DE JUJUY

O trajeto do dia teria 835km, todos por asfalto em bom estado de conservação, entrando na Argentina no Paso Fronteiriço Villazon, entre as cidades de Vilazon/BOL e La Quiaca/AR.

Não sei como é este trecho entre Uyuni até Tupiza, mas o trecho que fizemos de Uyuni até Potosí, e depois descendo até Tupiza foi um dos pontos altos da viagem. E o melhor é quem nem estava esperando paisagens tão surpreendentes.

 

PASO VILLAZON

O trâmite da Fronteira é integrado, e fluiu rapidamente. Alias, cabe salientar que em todos os Pasos que passamos, o pessoal que nos atendeu foi muito simpático e solícito.

 

DE VOLTA À ARGENTINA

Estávamos de volta à Argentina, e agora faríamos o mesmo caminho da ida, no retorno.

O trecho da divisa até San Salvador de Jujuy, costeando as cordilheiras dos Andes é muito bonito, e curtimos cada quilômetro, pois sabíamos que os próximos dois dias seriam só trecho, sem muitos atrativos.

Chegamos em San Salvador de Jujuy, achamos um hotel confortável e fomos descansar um pouco. Depois saímos achar um bar para tomar umas cervejas. Neste dia tinha jogo do River Plate contra o Boca Junior. Então a cidade estava parada para assistir.

Trecho costeando as Cordilheiras

 


# DIA 24 – SAN SALVADOR DE JUJUY À CORRIENTES

No dia seguinte fomos pelo Chaco Argentino até a cidade de Corrientes, onde passamos a noite, e curtimos os barzinhos a beira do Rio Paraná.

 


# DIA 25 – CORRIENTES À CHAPECÓ

No último dia de viagem, assim como foi no primeiro, pegamos chuva o dia todo.

 

Seguimos pelas Rutas 12 e 14 até o Brasil, entrando pelo Paso Peperiguaçu, o mesmo que passamos na ida. No Brasil aquele misto de sensações de estar chegando em casa, mas querer que a viagem durasse mais, somado ao fato de se evidenciar que nossas estradas são as piores da América do Sul.

Painel da moto com a quilometragem da viagem

Ao chegar em casa nos emocionamos lembrando dos trajetos percorridos, as dificuldades encontradas, e as cidades e culturas novas que conhecemos.

Toda viagem muda um pouco quem participa, mas desta vez sentimos que nunca mais seriamos os mesmos. Que bomm!!

 


Veja o vídeo que produzimos desta Viagem de moto Brasil, Argentina, Chile, Peru e Bolívia.


Abaixo link de todos os trechos detalhados da viagem:

Trecho 01 – Chapecó a San Pedro de Atacama

Trecho 02 – San Pedro de Atacama, Arequipa, Paracas e Lima

Trecho 03 – Lima a Cusco

Trecho 04 – Cusco, Copacabana e Uyuni

Trecho 05 – Uyuni a Chapecó

 



IMPORTANTE: 

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento.  Sempre confirme datas, preços e informações.



 

 Salve este post no seu Pinterest para lembrar do nosso blog sempre que for planejar sua viagem.

 


 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe um comentário aqui no site!

 

 

Thiago Damo
Thiago Damo
Arquiteto por profissão, viajeiro por paixão, motociclista por essência. A possibilidade de compartilhar momentos e caminhos me motivam a seguir na estrada.

4 Comments

  1. Avatar Elias disse:

    Boa tarde,

    Li os tópicos principais, estou buscando informação, por que em janeiro quero fazer essa rota de carro, com a família. Me tira umas dúvidas:
    Quantos dias durou a viagem?
    Na bolivia cartão de crédito tem aceitaçao?

    Obrigado

    • Bom Dia Elias,
      A viagem que vocês pretendem fazer de carro será incrível, cheia de belas paisagens e uma gastronomia maravilhosa, porém bem diferente da brasileira.
      Fique atento às aduanas, pois tem alguns alimentos e frutas que não são permitidos entrar em alguns países.
      Nossa viagem teve uma duração de 24 dias, detalhamos o roteiro neste link: https://viajeiros.com/roteiro-completo-viagem-de-moto-argentina-chile-peru-e-bolivia/
      Com relação ao cartão de crédito, na maioria dos postos de gasolina não aceitam. E inclusive o turista estrangeiro paga o dobro do valor do combustível que o boliviano. Uma vergonha! E encontramos alguns postos de combustíveis que se negavam à abastecer carro estrangeiro, então fique atento à isto também, não deixe baixar muito o nível do combustível do tanque. Encontrou um posto pare e tente abastecer.
      Já em hotéis por onde ficamos hospedados eles aceitaram o cartão de credito, já alguns restaurantes como por exemplo em Uyuni encontramos somente um que aceitava, o restante só no dinheiro.
      Espero que tenha ajudado, e se tiver qualquer outra dúvida, ou pergunta fique a vontade para entrar em contato com a gente.
      Será um prazer ajudar mais viajantes a pegar a estrada.
      Muito obrigado por entrar em contato com a gente.
      Abraços!

  2. Avatar Juscemar Jorge Guzzi disse:

    Ola, boa noite,,,, adorei, muito legal, muito lindo que viagem maravilhosa,…..
    estao de parabens. sou de Pato Branco – Pr. pretendo fazer esta viagem la por Janeiro, ou mais tarde, do ano que vem, 2021….. segue meu e-mail para tirar umas dividas, sob. documentação… e se a moto financiada mesmo no meu nome somente, com alienação pode entrar sem problemas ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Fique por dentro de todas as novidades do Viajeiros! Digite seu e-mail e receba nossos posts em primeira mão.

Name
Email *