parallax background

TACNA em um dia

6 de março de 2019
20 Dicas para quem vai ao Peru
6 de março de 2019
PARACAS: onde o deserto encontra o mar
13 de março de 2019


|ONDE FICARONDE COMER | O QUE CONHECER EM TACNA |


Tacna fica no extremo sul do Peru à apenas 52 km da fronteira com o Chile e possui cerca de 200 mil habitantes. Como a cidade é passagem obrigatória para quem vai cruzar para o Chile ou vai do Chile para Lima, nada melhor que aproveitar para conhece-la. 

Entrando em Tacna

Na entrada da cidade somos recepcionados por lindas palmeiras no canteiro central, além de belas praças e jardins muito bem cuidados com lindo paisagismo ao longo da Alameda Bolognesi.


| ONDE FICAR ONDE COMER | O QUE CONHECER EM TACNA |


ONDE FICAR

Tacna conta com boas opções de hotel, a maioria delas estão localizadas no centro da cidade ou arredores. Indicamos ficar na região central para poder realizar os passeios a pé.

Ficamos hospedados no Hotel La Mansion,uma ótima opção para quem quer algo mais em conta, sem abrir mão de conforto e qualidade. Ótima localização, com um bom café da manhã incluso, quartos amplos, limpos e confortáveis. 

La Mansion Hotel
Valor diária: R$170,00 (setembro 2018)
http://www.lamansionhoteltacna.com/ 


| ONDE FICAR | ONDE COMER | O QUE CONHECER EM TACNA |


ONDE COMER

O restaurante La Plaza Bar e Grill fica junto ao Hotel Casa Andina Select Tacna, e sua cozinha serve comida mediterrânea, peruana e fusión. Eu pedi um  lomo salteado (1º da viagem) e o Thiago bife de lomo com espagueti ao pesto, tudo muito bom e bem servido. 

La Plaza Bar e Grill
Av. Billinghurst 170
Horário de atendimento: Seg- Dom 11:00 as 23:00hs


| ONDE FICAR | ONDE COMER | O QUE CONHECER EM TACNA |


O QUE CONHECER EM TACNA

Iniciamos o passeio pela Alameda Bolognesi umas das principais ruas de Tacna,  em um trecho da Alameda existe um canteiro central bem largo, com muitas flores, bancos e palmeiras enormes.

Seguindo pela Alameda chegamos até a Plaza da la Locomotora, onde foi colocada a centenária Locomotiva Nº 3 (1859) que foi construída na Pensilvânia e levou as tropas peruanas durante a Guerra com o Chile em 1879. Em 1940 a locomotiva parou de funcionar e em 1977 quando a praça foi criada ela foi levada para a praça.

Locomotiva nº 3 (1859)

Seguimos para a Plaza Juan Pablo II localizada aos fundos da Catedral de Tacna, nesta praça tem uma bela estatua do Papa João Paulo II com 2,00 metros de altura, que foi colocada logo após o Papa ter sido beatificado em Roma.

Plaza Juan Pablo II

Seguimos para a Catedral de Tacna que possui um estilo arquitetônico neo-renascentista com a assinatura da empresa francesa de Alejandro Eiffel (da torre Eiffel em Paris). Sua construção começou em 1875, mas por causa da Guerra do Pacífico e da ocupação chilena na cidade, o trabalhou parou  e  foi retomado e a construção concluída em 1954.  O projeto arquitetônico neo-renascentista foi modelado com pedras extraídas dos morros Intiorko e Arunta.

Catedral de Tacna

Catedral de Tacna
Horário de visitas: Segunda a domingo das 7:00 às 12:00 e das 15:00 às 19:30
Localização: em frente da Praça Cívica

Logo em frente à igreja fica o Arco Parabólico que é um dos cartões postais da cidade e esta localizado no Paseo Cívico. A obra tem 18 metros de altura e foi inaugurada em 28 e agosto de 1959 em homenagem aos heróis da Guerra do Pacifico, um grande confronto que envolveu os países vizinhos Chile e Bolívia. Sua construção é feita de pedra rosa. Nas extremidades do arco estão as estátuas em tamanho real  do Almirante Miguel Grau e do Coronel Francisco Bolognesi.

Para quem gosta de história local, ainda há duas opções bem interessantes para se visitar em Tacna, uma delas é o Museu Histórico, uma edificação de 1957 que guarda arquivos da emancipação e da república.

Outra opção é a Casa Francisco Antonio de Zela que foi uma figura importante e precursora da independência do Peru, este lugar abriga uma exposição fotográfica da revolução comandada por Zela. O edifico é considerado Monumento Histórico Nacional desde 1961.

Casa Zela

Casa Zela
FONTE: www.peru.travel

Casa de Zela
Horário de visitação: Seg-Sab 8:00 as 12:00e 13:30 às 18:00 –Dom 8:00 as 13:00hs
Localização: Rua Zela nº 542

A próxima atração é o Teatro Municipal que foi construído em 1870 e este localizado em frente a Plaza MacLean.  O teatro foi declarado monumento histórico-artístico em 1972. O edifício tem três andares e possui uma fachada revestida de pedra de cantaria, para fazer uma visitação ao teatro é necessário agendamento da visita.  O teatro foi declarado monumento histórico e artístico em 1972.

Teatro Municipal
FONTE: www.peru.travel

Teatro Municipal
Horário de visitação: durante a realização de funções
Localização: Pasaje Calderón de La Barca

Se você tiver tempo, ainda é possível conhecer o Museu Ferroviário que possui em seu acervo parte do maquinário usado na segunda metade do século XIX, e esta localizado na antiga estação ferroviária de Taca-Arica.

Museu Ferroviário Nacional – (Estação Ferroviária)
Horário de visitação: Seg-Dom 8:00 as 17:00hs
Localização: 2 de Mayo

Mapa Atrativos Turísticos em Tacna

Segue um mapa feito no GoogleMaps para facilitar a programação de onde visitar.

Mapa atrativos turísticos em Tacna

Outro lugar para conhecer é o Campo de La Alianza, que fica uns 10 minutos de distância do centro de Tacna. O local homenageia os combatentes da Batalha do Alto da Aliança (guerra com o Chile em maio de 1880). O museu e sítio arqueológico apresenta armas da época, fuzis, sabres, uniformes de gala, cartas, documentos e uma maquete do enfrentamento.

Complexo Alianza
FONTE : www.peru.travel

Complexo Monumental do Campo de La Alianza (Campo da Aliança)
Horário de visitação: Seg-Sex das 8:00 às 13:00 e das 17:00 às 18:30hs
Localização: a 8km ao norte da cidade de Tacna (10 minutos de carro)



IMPORTANTE: 

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento.  Sempre confirme datas, preços e informações.



Salve este post no seu Pinterest para lembrar do nosso blog sempre que for planejar sua viagem.

Gostou do nosso conteúdo? Deixe um comentário aqui no site!

Michelle Damo
Michelle Damo
Arquiteta, apaixonada por paisagens e novos desafios. Garupa profissional, sempre pronta para pegar a estrada em busca de novas experiências, culturas, sabores e aventuras. Viajar de moto é fazer parte da paisagem.

2 Comments

  1. Avatar ENI DOLORES UTZIG SAVIAN disse:

    viajeiros, essa viajem deve ser maravilhosa, parabéns…….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Fique por dentro de todas as novidades do Viajeiros! Digite seu e-mail e receba nossos posts em primeira mão.

Name
Email *