parallax background

OLLANTAYTAMBO: o portal para o antigo mundo inca

17 de abril de 2019
SALINAS DE MARAS
9 de abril de 2019
O Trem para Machu Pichu Pueblo
24 de abril de 2019


Ollantaytambo é a porta de entrada no Vale Sagrado dos Incas e um dos principais pontos de partida do caminho a Machu Pichu, está localizada a 90 km de Cusco e a 2.792m de altitude. Ollanta como também é conhecida, é sem dúvida um dos principais tesouros da engenharia e arquitetura inca e pode ser tão admirada quanto Machu Pichu. É na estação ferroviária que chegam e partem diversos trens diariamente para Águas Calientes.

Mapa Estação de Trem até Sítio Arqueológico de Ollantaytambo Fonte: GoogleMaps

A pequena cidade tem uma boa estrutura de pousadas, restaurantes, mercados de artesanatos e câmbio, além da atração principal o Sítio Arqueológico. Com ruas estreitas e retas ela foi construída sobre as fundações da antiga cidade inca, e os canais originais desta época levam água limpa vinda diretamente das montanhas para diversos pontos da cidade.

O sitio arqueológico fica próximo de tudo na cidade, é possível chegar a pé dependendo de onde você está. Passando o portão de entrada do sítio vários guias se aglomeram em busca de algum turista, como tínhamos pouco tempo optamos por pegar um guia para nos fazer uma explanação geral do que foi este lugar e nos levar até o principal ponto dentro da cidade fortificada que é o Templo do Sol, localizado em um ponto estratégico para dominar o Vale Sagrado dos Incas.

Sítio Arqueológico Ollantaytambo

Sítio Arqueológico Ollantaytambo

Comumente chamado de “Fortaleza” o que podemos observar dentro do sítio é a formação de conjuntos residenciais, templos, praças, terraços e depósitos. Pelo o que o guia nos falou, acredita-se que era uma cidade de passagem para os incas seguirem o caminho até Machu Pichu. E as duas montanhas que ficam ao redor da cidade segundo os incas eram os guardiões protetores da cidade fortificada.

Templo Do Sol

Na parte alta foi construído o Templo do Sol com 6 gigantescos monolitos. Estas pedras utilizadas são somente encontradas a alguns quilômetros de Ollantaytambo, o que revela o domínio de técnicas avançadas de transporte de rochas. Além disso os incas construíram observatórios astronômicos onde estudavam o movimento do sol, solstício e equinócios. Os terraços além de decorativos tinham a função agrícola e de prevenção de erosões.

Armazéns de grãos

No lado oposto da cidade fortificada é possível avistar em meio a montanha antigos armazéns de grãos, eles foram construídos neste ponto com maior altitude para garantir assim mais ventilação e menor temperatura, fazendo com que os grãos tivessem uma maior durabilidade.

Vista do Vale Sagrado

Infelizmente subestimamos toda a história e o tesouro arqueológico da cidade, acabamos deixando pouco tempo para conhecer um dos principais sítios arqueológicos e uma das mais incríveis atrações do Peru.

A visita guiada vale muito a pena, pois o lugar é cheio de histórias e com muitas informações, programe pelo menos 2 horas dentro do sítio para poder caminhar por todos os pontos e fazer registros fotográficos incríveis. Recomendamos levar um casaco, pois na parte alta do sítio venta bastante.

Sítio Arqueológico de Ollantaytambo
Tempo estimado de passeio: 2 horas
Estacionamento free
Valor ingresso: Boleto Turístico Parcial
Guia: 40 soles por 1 hora

ESTAÇÃO DE TREM

A partir de Ollantaytambo é possível pegar o trem para Machu Picchu Pueblo. Próximo da estação se encontram os guichês da Inca Rail e da Peru Rail. E outra postagem detalhamos nossa experiência com a Inca Rail.

 



IMPORTANTE: 

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento.  Sempre confirme datas, preços e informações.



 Salve este post no seu Pinterest para lembrar do nosso blog sempre que for planejar sua viagem.


 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe um comentário aqui no site!

Michelle Damo
Michelle Damo
Arquiteta, apaixonada por paisagens e novos desafios. Garupa profissional, sempre pronta para pegar a estrada em busca de novas experiências, culturas, sabores e aventuras. Viajar de moto é fazer parte da paisagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Fique por dentro de todas as novidades do Viajeiros! Digite seu e-mail e receba nossos posts em primeira mão.

Name
Email *