fundo parallax

FULL DAY NO SALAR DE UYUNI

12 de junho de 2019
UYUNI: o que saber antes de ir
7 de junho de 2019
VIAGEM DE MOTO: Argentina, Chile, Peru e Bolívia TRECHO 01 – Chapecó à San Pedro de Atacama
17 de junho de 2019


AGÊNCIA DE TURISMO | O QUE LEVAR PARA O PASSEIO | O QUE NÃO ESTA INCLUSO | RELATO TOUR FULL DAY SALAR DE UYUNI |


 

Nosso destino neste dia era rodar muitos e muitos quilômetros pelo Salar de Uyuni, um dos lugares mais incríveis que conhecemos. Neste post vamos te contar tudo sobre o passeio Full Day pelo Salar de Uyuni, como funciona, o que levar, além de muitas dicas.

Salar de Uyuni


AGÊNCIA DE TURISMO

Como já havia comentado em outro post, Uyuni: o que saber antes de ir, efetuamos a compra do passeio Full Day pelo Salar de Uyuni através do site da Denomades. Que é uma plataforma cuja proposta é oferecer tours com agências qualificadas e preços competitivos em diversos países da América Latina.

No site é possível entrar em um chat on line, tirar todas as dúvidas sobre os tours. Efetuar o cadastro e pagamento de parte do valor do passeio, e o restante do valor é pago no dia do passeio.

Salar de Uyuni

Por e-mail chega o voucher com informações do pagamento efetuado, informações da agência que irá fazer o passeio, informações do que levar no passeio, política de cancelamento, além da data e hora da saída. A agência de turismo que nos levou pra este passeio foi a World White Travel Bolívia. 


O QUE LEVAR PARA O PASSEIO

O tour é realizado em um veículo 4×4, geralmente em seis pessoas. Desta forma, procure não levar muita bagagem para este passeio, pois não tem muita sobra de espaço dentro do veículo.

Vá com roupas e calçados confortáveis pois você passar o dia em um local que não possui muita infraestrutura. Levamos em nossa mochila os seguintes itens:

  • Água;
  • Protetor solar;
  • Hidratante labial;
  • Óculos de sol;
  • Jaqueta ou blusa quentinha (para o final do dia);
  • Barrinha de cereal;
  • Chapéu;
  • Mochila;
  • Dinheiro;
  • Câmera fotográfica;


O QUE NÃO ESTA INCLUSO

Não esta incluso no valor pago do passeio os seguintes itens:

  • Pick-up no hotel;
  • Entrada na Isla Incahuai (30 bolivianos);
  • Seguro saúde;
  • Botas de borracha (requeridas em caso de chuva, 20 bolivianos);


RELATO TOUR FULL DAY SALAR DE UYUNI

As 10:00 da manhã conforme combinado, estávamos na agência de turismo World White Travel Bolívia, aguardando nosso guia para iniciarmos o passeio. O veículo era uma Pajero 4×4 bem confortável, onde compartilhamos com mais dois casais. E assim partimos rumo ao Salar de Uyuni.

Nosso roteiro de hoje seria esse, mostrado no mapa abaixo:

Mapa do trajeto Full Day Salar de Uyuni

 

# CEMENTERIO DE TRENES

A primeira parada do passeio é no cemitério de trens, ainda em Uyuni. É a partir do que o guia nos relata, que podemos entender o poder da indústria mineradora daquela época.

Estacionamento Cementerio de Trenes

Foram os interesses econômicos que impulsionaram a construção de muitas ferrovias na Bolívia. E Uyuni estava em uma localização estratégica, tornando-se o principal ponto para se transportar o minério extraído. Foi assim, que foi construída a linha férrea que ligava a cidade até Antofagasta. Durante muitas décadas o transporte de estanho, prata e ouro ocorreu por esta linha férrea, até a indústria mineira entrar em colapso nos anos de 1940. E assim as locomotivas foram sendo abandonadas nesta região. 

Cenário incrível

O Cementerio de Trenes é uma atração à parte. Muitos dizem que não é nada demais, mas nós achamos aquilo tudo um cenário fantástico, cheios de histórias e mistérios. As locomotivas abandonadas e enferrujadas, fazem do cemitério de trens uma das principais atrações do passeio.

Locomotivas abandonadas

O local está completamente abandonado, não existem regras. Você pode explorar com toda a liberdade, inclusive entrando e subindo nos vagões de trens.

 

# POVOADO COLCHANI

Seguindo o passeio, fizemos uma pequena parada no Povoado de Colchani, que fica a apenas 20 km de Uyuni, e possui uma população de 600 habitantes. Sua principal atividade econômica é a agricultura, mas também a criação de lhamas.

Este povoado está localizado bem no início do Salar de Uyuni, e na sua rua principal estão dispostas diversas barraquinhas que vendem artesanatos e lembrancinhas de sal.

Em uma das barraquinhas entramos com o guia, para entender como era processado e embalado o sal. O sistema é bem arcaico, mas interessante.

 

# HOTEL DE SAL PLAY BLANCA

Após rodarmos por muitos e muitos quilômetros, chegamos no Hotel de Sal Play Blanca. Enquanto o guia preparava nosso almoço, ficamos livres para tirar fotos e conhecer o local.

Este hotel foi construído em 1993, suas paredes são feitas de blocos de sal, assim como todos os móveis. O hotel está desativado pois não tem autorização para funcionar, mas mantem todo as características de um hotel.

Hotel Playa Blanca

É possível usar o banheiro pagando o valor de 10 bolivianos. Também tem uma loja de conveniência onde é possível comprar lanches, bebidas, além de artesanatos.

É aqui que muitas agencias param para o almoço, já que a edificação tem um salão principal bem grande e disponibiliza de diversas mesas.

Nosso almoço é fornecido pela agência de turismo, e funciona da seguinte maneira: a comida vem em marmitas, que conservam os alimentos bem quentinhos. O guia arruma a mesa e distribui os pratos para que cada um se sirva. A comida é simples, mas bem saborosa e bem servida.

Almoço no Salar

# PRAÇA DAS BANDEIRAS

Ao lado do Hotel Playa Blanca está a tão famosa Praça das Bandeiras. Nela estão expostas bandeiras de vários países, provavelmente trazidas pelos turistas. O colorido das bandeiras em contraste com o horizonte branco rendem fotos belíssimas. E como o vento nessa região não dá trégua, as bandeiras parecem estar posando para a foto.

Praça das Bandeiras

# MONUMENTO RALLY DAKAR

Bem próximo da Praça das Bandeiras, está o Grande Monumento em homenagem ao Rally Dakar. O monumento foi feito com blocos de sal, e nele está desenhado o símbolo desta corrida. A Bolívia estreou no Dakar em 2014, porém sempre enfrentou diversas complicações em algumas etapas. Ocasionando assim o cancelamento de algumas etapas devido a inundações e fortes chuvas que caem no mês de janeiro.

Monumento Rally Dakar

# ISLA INCAHUASI

Bem no meio do maior deserto de sal do mundo, existe uma pequena ilha chamada Isla Incahuasi. A ilha tem outros nomes: Inkawasi ou Ika Wasi, que na língua quéchua quer dizer casa dos incas. A formação desta ilha se deu cerca de 40.000 anos atrás, quando o Salar de Uyuni era um gigantesco lago, e a ilha é o que sobrou do topo de um vulcão que ficou submerso por muitos anos.

Estacionamento Isla Incahuasi

O bilhete de entrada a ilha não está incluso no tour, desta forma ficava livre para cada pessoa escolher fazer ou não este passeio pelo interior da ilha. O valor do ingresso para subir na ilha é de 30 bolivianos (R$16,82 reais) e dá direito ao passeio na parte interna da ilha e também uso do banheiro. Também tem uma lanchonete que vende algumas bebidas e lanches.

Isla Incahuasi

Entrar nesta ilha e seguir caminhando por entre cactos gigantescos no meio desta imensidão branca, torna este passeio simplesmente único. Subir até o ponto mais alto da ilha, faz com que você tenha uma ideia da dimensão deste deserto de sal.

Os cardones ou cactos gigantes encontrados nesta ilha, são muito comuns no Chile, Bolívia e Argentina. Seu crescimento é lento, e vivem mais de 200 anos. Sua madeira é utilizada na produção de móveis, portas e artesanatos.

Isla Incahuasi

# FOTOS DIVERTIDAS

Em uma das muitas paradas pelo salar, o guia se dispos a tirar aquelas fotos engraçadas que vemos na internet. Não somos muito fãs destas coisas, mas entramos na brincadeira para não ficar chato. 

Foto divertida com o gupo

E la fomos nós. O guia fica completamente deitado no chão, e vai dando as instruções. Além disso ele tinha algumas bichinhos, tipo dinossauros e garrafas que também ajudam na brincadeira. Escolhemos o mais tradicional kkkkk.

Foto divertida

# PÔR-DO-SOL NO SALAR DE UYUNI

Para finalizar o dia no lugar mais incrível que já conhecemos na Bolívia, nosso guia nos levou em um ponto do salar para vermos o pôr-do-sol. O detalhe é que este local tinha uma fina película de água, algo que não esperávamos. Já que estávamos no mês de setembro, época onde o salar esta seco. 

E este lugar rendeu muitas e muitas fotos, já que a fina película de água, refletia toda e qualquer imagem. E nosso final do dia no Salar de Uyuni foi deste jeito, como as fotos podem mostram.

Mas só que vivenciou este momento pode falar da sensação de gratidão e agradecimento. Por podermos viver um momento tão especial em um dos lugares mais incríveis do mundo.

O passeio Full Day pelo Salar de Uyuni,  foi um ótima escolha. Tendo em vista que já estávamos a muitos dias na estrada, e não queríamos deixar de conhecer pelo menos o básico do Salar de Uyuni. Olha nossa felicidade em conhecer este lugar.

Se você tiver mais dias disponíveis, não deixei de fazer o tour de três dias pelo salar. Acreditamos ser o passeio que te proporcione experiencias bem interessantes. Pretendemos faze-lo algum dia.



IMPORTANTE: 

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento.  Sempre confirme datas, preços e informações.



 

 Salve este post no seu Pinterst para lembrar do nosso blog sempre que for planejar sua viagem.

 


 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe um comentário aqui no site!

Michelle Damo
Michelle Damo
Arquiteta, apaixonada por paisagens e novos desafios. Garupa profissional, sempre pronta para pegar a estrada em busca de novas experiências, culturas, sabores e aventuras. Viajar de moto é fazer parte da paisagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *